11 de jan de 2016

Satélite da Nasa captura imagens da Terra à noite

Sensores são capazes de detectar as luzes das cidades, queimadas florestais e até barcos em alto-mar 

mapa



O mapa foi montado a partir de imagens coletadas pelo satélite em abril e outubro de 2012 ((NASA Earth Observatory/NOAA NGDC)/VEJA) 

Cientistas da Nasa divulgaram nesta quarta-feira imagens inéditas do planeta Terra visto à noite. Elas foram coletadas por um novo satélite lançado pela agência espacial em parceria com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos. A partir da montagem, é possível ver com o mais alto grau de detalhe o brilho das cidades, queimadas em florestas, poços de petróleo no Oriente Médio e até mesmo barcos em alto-mar. Muitos satélites são equipados para observar a Terra durante o dia, quando eles podem analisar o planeta completamente iluminado pelo Sol. Com os equipamentos do satélite Suomi NPP, lançado ano passado, os pesquisadores podem fazer muitas das mesmas observações também à noite. Esse tipo de imagem noturna pode ajudar os pesquisadores com dados sobre eventos pouco estudados, como a formação de tempestades e outros eventos meteorológicos. "Nós temos diversas razões para observar a Terra de dia e à noite. Ao contrário dos humanos, a Terra nunca dorme", diz Steve Miller, pesquisador do NOAA. Imagens noturnas - Ao contrário das câmeras normais, que capturam as imagens a partir de uma única exposição, essas imagens são produzidas a partir de diversas medições da superfície terrestre. Foram necessárias 312 órbitas do satélite e 2,5 terabytes de informações para produzir as imagens e vídeos. Ao coletar todos os dados, um programa teve de analisar os milhões de pixels das imagens e rever a quantidade de luz em cada um deles. "É como possuir três câmeras operando simultaneamente e escolher as melhores imagens de cada", diz Miller. Com a tecnologia, os pesquisadores conseguem capturar imagens dos continentes e oceanos na superfície terrestre mesmo em noites sem luar. "A noite não é tão escura quanto costumamos pensar. Na verdade, a Terra nunca fica escura de verdade. E, com o novo satélite, nós também não precisaremos mais ficar no escuro a respeito do que acontece à noite," afirma o pesquisador.

 Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/satelite-da-nasa-captura-imagens-da-terra-a-noite

Nenhum comentário:

Postar um comentário

HORA MUNDIAL (Clique sobre o país ou região)

SEGUIDORES